Numa sociedade mediatizada, como aquela em que nos inserimos, 'dar a ver' a obra final de um grupo significativo de alunos inscreve-se nos objectivos de uma Faculdade que reconhece a actividade projectual discente no âmbito de uma produção especialmente referenciada pela cultura material em áreas delimitadas pelo projecto, pela edição, pela tipografia, pelo audiovisual e multimédia e pela web, que estão em conformidade com um programa académico ambicioso de estudos em design de comunicação.

Esta exposição procura ser uma representação equilibrada dessa actividade e, nesse propósito, acompanha a par e passo a evolução do percurso dos alunos sustentada na reflexão crítica, na história da cultura do design e nas circunstâncias do lugar.

Estamos perante um corpus que devolve, de modo pendular e exemplar, um sentido de motivação, responsabilidade, e ambição a esta área disciplinar, reposicionando-a, na Universidade e nos outros sectores da sociedade. Com efeito, pretende-se que o designer de comunicação formado por esta Faculdade dê primazia à liberdade criativa capaz de sustentar desígnios culturais e civilizacionais ambiciosos que passem pela produção teórica e projectual ao serviço da democratização do acesso colectivo à informação e ao conhecimento.
Victor M Almeida
--------------------------------
Coordenador do Curso de Design de Comunicação
> Porquê uma exposição de design de comunicação?
Do piso 0 ao piso 2, a exposição multiplica-se por vários espaços do Convento de S. Francisco:
   
na Galeria destacam-se as propostas de Design Multimédia; no hall do Grande Auditório assiste-se a uma selecção de trabalhos associados ao projecto Acção Directa; na Biblioteca apresentam-se ensaios do projecto editorial Revolução*9 e uma instalação de audiovisuais e multimédia, ambos do 3º ano; nos corredores afectos às salas principais da licenciatura em Design de Comunicação estão expostos os objectos resultantes dos projectos O museu portátil e poemário (1º ano), Hospital Miguel Bombarda, Ler, Manual Escolar e Monografias (2º ano), Ma.ni.fes.to–me e SOS+SMS (3º ano). Paralelamente, no piso 2, sala 4.11, estão patentes os trabalhos desenvolvidos pelos alunos do mestrado em Design de Comunicação e Novos Media e, na sala 4.16, dá-se a conhecer o processo de pesquisa do Collective 4.16 na preparação do projecto de comunicação desta mostra.
 
O programa da exposição integra ainda um conjunto de workshops, conferências, apresentações e visitas guiadas, bem como intervenções de natureza pontual, designadamente, o projecto This Door is a Page e a implementação/teste de alguns ensaios de sinalética do edifício realizados no âmbito dos estudos em design de informação que conferem ao evento uma projecção comunitária mais abrangente.
O ano em que a Academia de Belas Artes celebra 175 anos de existência coincide com o momento em que as lógicas de aculturação se sobrepõem àquelas que presidiram às manifestações dos pioneiros do design português. O curso de Design de Comunicação recupera esse legado e confirma a relevância da intervenção do designer numa sociedade em crise permanente, revelando os futuros profissionais desta área.